sexta-feira, 11 de agosto de 2017

CdP: Guardião da Realidade

“Não são títulos que honram os homens, mas homens que honram seus títulos.”
Sir Alenn Toren Greenfeld, líder da Ordem da Luz

Saudações leitores, estou iniciando uma nova linha de matérias para Pathfinder RPG, tendo em vista que toda a linha de livros e suplementos do sistema não trouxe muitas novas classes de prestígio, só as que foram apresentadas no Pathfinder RPG: Livro Básico (PF:LB, p. 374) e no Advanced Player's Guide (APG, p. 260). Embora ainda seja possível usar qualquer classe de prestígio de D&D 3.5, pois o sistema é compatível, a maioria delas ainda precisa de uma revisão e adaptação para o sistema. Então, nessa coluna trarei diversas classes de prestígio para vocês, começando pelas minhas favoritas do cenário, que são as classes que combatem ou ajudam a ameaça que dá nome ao cenário.
Para começar a linha de conversão com chave de ouro, trouxe o Guardião da Realidade, para os paladinos que se recusam a ver Arton sendo engolfada pela tormenta!

HISTÓRIA E PERSONALIDADE

Os Paladinos são soldados divinos que dedicam suas vidas na batalha contra o mal. Eles enfrentam intermináveis desafios da fé e tentações sombrias, arriscando suas vidas para fazer o certo e lutando para fazer o futuro mais brilhante e justo. Enquanto os paladinos simbolizam o bem, os algozes simbolizam o mal, esses vilões são paladinos caídos que carregam a reputação de pior tipo, e dedicam suas vidas para o mal, sendo chamados de anti-paladinos. Algumas ameaças vão além do eixo do bem e mal, vida e morte, beirando as fronteiras do que é real ou não. Quando a ameaça vem de outra criação, o multiverso está ameaçado, pois todos são o alvo da ameaça.
Os guardiões da realidade protegem o mundo contra as aberrações oriundas dos pesadelos ou universos. São os inimigos de tudo que é antinatural ou profane as leis da realidade. Entre os desafiadores da tormenta, o guardião da realidade se destaca como a linha de frente especializada contra as aberrações da tempestade. Guiados pela inspiração divina, eles guerreiros divinos por vezes servem a Khalmyr, Thyatis, Azgher e Valkaria.
São guerreiros raríssimos, que se tornam pilares de esperança por onde passam. Sua existência, poderes, feitos assombrosos, revelam que os deuses não deram as costas para Arton. O guardião da realidade é uma muralha que protege a realidade.
Função: Os guardiões da realidade servem como líderes para seus aliados dentro da batalha. São adversários mortais das aberrações, reduzindo as suas forças com sua presença e podem dar mais força aos aliados na batalha. Suas magias e auras, também os tornam primorosos defensores, reduzindo o estrago causado pelos horrores e suas bênçãos restauram os que caíram, e dão a força para continuarem lutando.
Dado de Vida: d10.

PRE-REQUISITOS

Para se tornar um guardião da realidade, o personagem deve atender os seguintes critérios:
Tendência: Qualquer Leal.
Bônus Base de Ataque: +5.
Perícias: Conhecimento (Tormenta) 5 graduações.
Talentos: Trespassar e Vontade de Ferro.
Especial: Punir o Mal como habilidade de classe.

PERÍCIAS DA CLASSE

Atletismo (For), Cavalgar (Des), Conhecimento (Arcano), Conhecimento (Tormenta), Cura (Sab), Diplomacia (Car), Iniciativa (Des), Intuição (Sab) Ofícios (Int), Percepção (Sab), Sobrevivência (Sab) e Tenacidade (Sab).
Pontos de Perícia a Cada Nível: 2 + modificador de inteligência.

CARACTERÍSTICAS DE CLASSE

Detectar Aberração (SM): Um guardião da realidade pode usar detectar aberração, quantas vezes quiser, exatamente como a magia de mesmo nome. O guardião da realidade ainda pode, com uma ação de movimento, concentrar-se em um único item ou indivíduo dentro de 18 metros e determinar se está corrompido pela tormenta, avaliando a sua integridade como se tivesse estudado o alvo por três rodadas. Enquanto permanecer concentrando em um indivíduo ou objeto, o paladino não pode usar detectar aberração em qualquer outro objeto ou pessoa dentro do alcance.
Destruir Aberração (Sob): Ao usar a habilidade punir o mal (PF:LB, p. 76) contra aberrações, o guardião da realidade adiciona o dobro do seu carisma (se houver) a jogadas de ataque e o dobro do seu nível (os níveis de paladino, contam como níveis de guardião da realidade) na jogada de dano.
Punir o Mal (Sob): A cada nível ímpar nessa classe, o guardião da realidade recebe mais uma utilização adicional de punir o mal.
Conjuração: Nos níveis indicados, um guardião da realidade recebe novas magias, como se estivesse avançando um nível na classe divina que pertencia antes de adicionar esta classe de prestígio.  Ele não obtém, no entanto, qualquer outro benefício que um personagem daquela classe teria ganhado com exceção dos pontos de magia, magias conhecidas e um aumento do nível efetivo de conjurador. Se um personagem possui mais de uma classe divina antes de se tomar um guardião da realidade, ele deve decidir em qual classe ele adicionará o novo nível para fins de determinar suas magias.
Égide Planar (Sob): A partir do 2° nível, o guardião da realidade consegue trancar a realidade planar de seu universo nativo. Uma área de 3m em torno do guardião da realidade é tratado como se estivesse permanentemente sob o efeito da magia tranca dimensional (PF:LB, p. 367), afetando somente aberrações. Essa área aumenta em +3m no 6° nível e a cada dois níveis seguintes. Criaturas que possuam mais dados de vida que o personagem ainda tem direito a um teste de Vontade CD20 (+ o dobro do nível nessa classe de prestígio).  Para negar o efeito durante um turno.
Presença Real (Sob): Assim como a presença de aberrações alienígenas é hostil e perturba o mundo, a presença do guardião da realidade perturba os monstros antinaturais. A partir do 3° nível, qualquer aberração a até 3m do personagem, sofre uma penalidade em suas jogadas de ataque, classe de armadura e testes de resistência igual ao bônus de carisma do guardião da realidade. A cada 3 níveis, o raio desse efeito aumenta em 3m.
Fortificação (Sob): A partir do 4° nível o guardião da realidade tem 25% de chance de ignorar um sucesso decisivo ou ataque furtivo, como se estivesse usando uma armadura com a habilidade fortificação leve (PF:LB, p. 463). No 8° nível essa chance aumenta para 75%, como se o personagem estivesse usando uma armadura de fortificação moderada.
Campeão da Realidade (Ext): Ao atingir o 10° nível, o guardião da realidade se torna a linha de frente para a defesa da realidade. Ele ganha imunidade a ataques furtivos e acertos críticos. A Égide Planar não exige mais testes de resistência para negar o efeito e também passa a afetar extraplanares. Toda a arma empunhada por um guardião é tratada como se fosse uma arma anticriatura contra aberrações. E também todos os aliados que estiverem a 18m do personagem recebem +2 de moral nas jogadas de ataque, dano, e testes de resistência contra aberrações.

Nível
BBA
Fort
Ref
Von
Especial
Conjuração
+1
+1
+1
+0
Detectar Aberração, Destruir Aberração, Punir o Mal +1/dia

+2
+1
+1
+1
Édge Planar (3m)
+1 nível
+3
+2
+2
+1
Punir o Mal +2/dia, Presença Real (3m)

+4
+2
+2
+1
Fortificação Leve
+1 nível
+5
+3
+3
+2
Punir o Mal +3/dia

+6
+3
+3
+2
Presença Real (6m)
+1 nível
+7
+4
+4
+2
Punir o Mal +4/dia

+8
+4
+4
+3
Fortificação Moderada
+1 nível
+9
+5
+5
+3
Punir o Mal +5/dia, Presença Real (9m)

10°
+10
+5
+5
+3
Campeão da Realidade
+1 nível

NOTAS DE CONVERSÃO
As regras acima usam as alterações no sistema de perícias que foram apresentadas na matéria: Simplificando as Perícias de Pathfinder.
A classe original do guardião da realidade mostrada no suplemento área de tormenta (AdT, p. 121), possuía diversas habilidades interessantes, mas ainda assim tinha vários níveis “vagos” e não havia uma habilidade extra no final que valesse a pena passar para o 10° nível na classe.
Nessa conversão as habilidades originais da classe foram mantidas, o foco das alterações no design é tornar o guardião da realidade a linha de frente do grupo, sendo um suporte ofensivo e defensivo para os aliados contra a tormenta.
A classe ficou propositalmente mais forte em comparação a algumas outras classes de prestígio, por se tratar de uma classe especializada. Por isso, a maior fraqueza de um guardião da realidade é justamente enfrentar desafios fora do seu nicho, o que faz a classe perder mais da metade da eficiência dos poderes.

Arte Original: Rob Joseph

Nenhum comentário:

Postar um comentário